Vender em Marketplace: o que donos de e-commerce precisam saber

Vender em Marketplace: o que donos de e-commerce precisam saber

O comércio eletrônico cresce em todo mundo, mas criar uma loja virtual sem nenhuma experiência pode ser bastante desafiador, o que leva muitos empreendedores a vender em marketplace.

Vender em Marketplace: o que donos de e-commerce precisam saber

Porque vender em Marketplace

Assim como o e-commerce, o marketplace é um site desenvolvido para promover a venda de produtos pela internet.

Porém, enquanto o e-commerce é uma loja virtual que vende seus próprios produtos, o marketplace é uma plataforma em que vários lojistas podem cadastrar e vender suas mercadorias.

Um marketplace hospeda e vende seus produtos para você, ou ainda permite que você tenha sua própria loja dentro da plataforma.

A plataforma possibilita que os vendedores criem facilmente catálogos, gerenciem pedidos, ofereçam opções seguras de pagamento, entre outros.

Marketplaces costumam ser relativamente baratos em termos do que você tem que pagar para cadastrar seu negócio, e eles já fizeram todo trabalho de SEO e divulgação por você.

Existem várias plataformas bem consolidadas que trabalham com esse modelo de negócio, como Amazon, Shoptime e Mercado Livre, por exemplo.

Mas além dessas, há outros marketplaces que são adaptados para nichos de mercado específicos, como Netshoes e Mobly.

Vender em marketplace não é apenas para o empreendedor iniciante que está começando a explorar o mundo do comércio eletrônico.

Grandes lojas virtuais também utilizam essa estratégia para direcionar o tráfego de volta ao seu site.

A grande vantagem de vender em marketplace, é que esses sites oferecem oportunidades de desenvolvimento para ajudar o seu comércio eletrônico a decolar.

5 vantagens de vender em Marketplace

O marketplace é semelhante a um shopping virtual, que atrai um grande número de visitantes porque várias lojas vendem ali.

Assim como acontece no caso dos shoppings, as lojas aproveitam benefícios do local, como tráfego, mídia e segurança.

Entre as inúmeras vantagens em usar um marketplace para vender seus produtos, confira cinco bastante apreciadas por empreendedores.

  1. Visibilidade

Uma das principais razões que motivam donos de e-commerces a vender em marketplace é a oportunidade de obter visibilidade fora do tráfego normal do seu site.

Há consumidores que talvez não estivessem procurando por seus produtos, ou não confiem em seu site, mas que comprariam em um marketplace conhecido.

       2. Liquidar estoques

Várias lojas virtuais usam marketplaces para liquidar produtos que estão há muito tempo em estoque.

Vender em marketplace aumenta consideravelmente a exposição do seu produto. Além de otimizar as vendas, isso ajuda a liberar espaço para novas mercadorias.

        3. Divulgação

Divulgar seu negócio e ganhar visibilidade é uma tarefa trabalhosa e demorada. Ao vender em marketplace, a sua loja virtual pega carona no trabalho de divulgação que a plataforma de hospedagem faz.

Assim, além de aproveitar o tráfego gerado, quando o consumidor clica em algum produto que você comercializa, sua loja é promovida e ganha mais relevância.

  1. Experiência do usuário

Quem costuma fazer compras online está familiarizado com marketplaces e normalmente possui cadastro nos mais conhecidos.

Há quatro razões principais pelas quais as pessoas costumam fazer comprar em sites assim:

  • Preços atraentes: onde há concorrência, há preços mais baixos.
  • Disponibilidade de produtos: marketplaces costumam ser exigentes quando se trata de disponibilidade de estoque. Itens fora de estoque tendem a ser mais raros.
  • Confiança: os vendedores são avaliados, o que tranquiliza o comprador que procura uma empresa séria e confiável.
  • Opções: há uma grande variedade de produtos para escolher.

        5. Inovação

Para se manterem competitivos, os marketplaces costumam implementar inovações que proporcionam uma melhor experiência ao usuário.

Vender em marketplace permite que você se beneficie dessas atualizações sem precisar investir altas somas para isso.

Imagine, por exemplo, poder implementar programas de fidelização de clientes por uma fração do custo.

Como decidir em qual Marketplace vender

Como decidir em qual marketplace vender

Existem vários fatores a se considerar antes de começar a vender em marketplace.

É fácil escolher as plataformas maiores e mais conhecidas, mas, ao fazer isso, é preciso lembrar que você terá a concorrência que vem com os mercados gigantes.

Optar por um marketplace que tem como foco a venda do seu tipo de produto pode aumentar drasticamente suas vendas.

Aqui estão os principais critérios que você deve levar em conta ao escolher o site certo para hospedar sua loja virtual:

Pacote de serviços oferecidos

A plataforma de marketplace na qual você está interessado só exibe seus produtos ou também oferece serviços complementares, como contrato com transportadoras, emissão de nota fiscal e controle de estoque?

É interessante avaliar se os recursos disponíveis podem ajudar a simplificar ou baratear os processos de funcionamento do seu negócio.

Categorias de produtos

Marketplaces tendem a reagrupar seus produtos em várias categorias diferentes.

Essas categorias ajudam seus clientes a restringir a pesquisa e são essenciais para garantir que os consumidores certos encontrem seus produtos.

A escolha depende da sua estratégia: segmentar para atingir clientes com maior potencial de conversão ou escolher as categorias de maior visibilidade para conseguir maior tráfego.

Custos

Vender em marketplace não costuma ser de graça. Cada plataforma pode criar seu próprio modelo de cobrança.

Algumas trabalham com uma taxa de instalação e mensalidade. Outras cobram um valor fixo conforme a quantidade de pedidos aprovados. E existe ainda o modelo de comissão por vendas, no qual o marketplace ganhar uma porcentagem sobre cada venda.

O ideal é fazer simulações e avaliar qual modelo mais se adequa ao seu volume de vendas e intensidade de uso da plataforma, para não ter gastos desnecessários.

Opções de pagamento e Segurança

Marketplaces costumam disponibilizar vários tipos diferentes de opções de pagamento além do tradicional cartão de crédito, como Paypal, PagSeguro, débito, boleto, etc.

Para proteger os dados dos usuários, as plataformas utilizam sistemas de segurança e possuem certificados SSL, o que é muito importante para tranquilizar o cliente.

Tudo isso contribui para construir a reputação do site. Facilidade e segurança de pagamento geram avaliações positivas, ajudam a consolidar a marca, transmitem credibilidade e deixam o cliente menos receoso em efetivar a compra.

Como vender em Marketplace

Agora você já sabe porque é uma boa ideia vender em marketplace e como escolher a melhor plataforma, mas ainda não terminamos.

A próxima pergunta a se fazer, é como vender em um marketplace de uma maneira que impulsione suas conversões sem prejudicar sua própria loja virtual.

Quais produtos devo vender no Marketplace?

A ideia é trazer tráfego para o seu site a partir do marketplace, sem deixar que a plataforma roube todo o seu tráfego.

Por isso, mantenha seus melhores produtos apenas em seu site e transforme em clientes fiéis aqueles que visitam sua loja.

Aproveite o marketplace para liquidar o restante de seu catálogo, como produtos que não têm boa saída e itens complementares dos seus best sellers.

Por exemplo, se você vende câmeras fotográficas, disponibilize acessórios que complementam seu uso, como lentes e tripés, mas reserve a venda do produto principal apenas para a sua loja virtual.

Que informações devo passar?

Elabore descrições exclusivas e ricas para os itens que for vender em marketplace.  Não deixe em branco só porque não é o seu próprio site.

Você deve oferecer toda informação possível e necessária sobre o produto para que o cliente saiba exatamente o que está comprando. Isso não apenas ajuda a aumentar as vendas, como dá mais confiança ao consumidor.

Não copie e cole a descrição que já está no seu site. Isso causará um erro no seu SEO fazendo com que seu conteúdo seja duplicado.

Logística de transporte de produtos no Marketplace

Já deu para entender que a escolha de uma plataforma de marketplace vai muito além do aspecto financeiro.

A estabilidade do serviço, a eficiência no atendimento, suporte, segurança e a expertise no setor são decisivas para que o lojista consiga faturar muito mais dentro das grandes redes varejistas.

Apesar de todos esses aspectos serem de responsabilidade da plataforma de hospedagem, há ainda outros fatores de grande importância para o funcionamento da loja virtual que ficam a cargo de seus gestores.

Controle de estoque, informações dos consumidores, opções de entrega, códigos de rastreio, prazos de envio, são apenas alguns exemplos do que o lojista precisa monitorar.

No marketplace, o frete e forma de envio fica por conta de cada vendedor, e problemas com a entrega de produtos comprados impactam diretamente na avaliação da loja.

Se antigamente os Correios eram a única opção, hoje em dia o uso de transportadoras se consolidou entre os donos de e-commerce como solução mais segura e ágil.

Transportadoras experientes como a Flash Courier, contam com tecnologia de rastreio, sistema próprio de cálculo de frete, frota nova e soluções diversificadas, que atendem às necessidades específicas de cada negócio.

Com foco no transporte de cargas fracionadas (pequeno volume), a Flash possui expertise em embalagens, equipamentos, equipe e veículos adaptados para acondicionar as cargas da maneira mais adequada, garantindo sua integridade.

Além disso, a transportadora conta com controle de estoque, capacidade de armazenagem e gestão da frota para garantir a viabilidade e perfeito funcionamento de suas operações.

Com mais de vinte anos de mercado, a Flash Courier atende todo território nacional, primando pela agilidade de entrega.

Para saber mais, visite nosso site, conheça nossos serviços, e ofereça a melhor opção de entrega para o seu cliente.

 

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *