6 Estratégias de Social Commerce para impulsionar as vendas

6 Estratégias de Social Commerce para impulsionar as vendas

Social Commerce é onde as mídias sociais e o comércio eletrônico se encontram.

Nos últimos anos, redes como Instagram, Facebook, Youtube e TikTok criaram recursos que permitem as compras dentro de suas plataformas, e isso criou novos fluxos de receita para marcas em todo o mundo. 

Espera-se que até 2030, a receita do social commerce atinja 6,2 biliões de dólares a nível mundial, o que o torna uma oportunidade de vendas imperdivel.

6 Estratégias de Social Commerce para impulsionar as vendas

Social Commerce: como usar as redes sociais para vender mais

Hoje em dia, as mídias sociais se tornaram um novo Google. 

Um relatório da We Are Social descobriu que é mais provável que os jovens de 16 a 34 anos visitem uma rede social ao procurar informações sobre marcas, do que usem um mecanismo de busca. 

Com cada vez mais pessoas pesquisando as recomendações feitas por influenciadores, é possível entender como o nascimento da mídia social virou de cabeça para baixo o funil de marketing tradicional.

O que antes era considerado um processo linear onde o usuário flui da consciência para o interesse e do desejo para a ação é agora um pouco menos direto. 

De acordo com pesquisa realizada pela Archival para a Vogue Business, a jornada do usuário da Geração Z, em particular, assemelha-se mais a um ciclo infinito de inspiração, exploração, comunidade e lealdade.

Isso dá às marcas uma oportunidade incrível de contato direto com o consumidor e incentiva o uso da criatividade e boas ações para encantar e fidelizar seu público.

Se você está começando com o social commerce, veja abaixo algumas estratégias que vão te ajudar. 

1. Concentre-se nos canais certos

Lembre-se de que nem todos os públicos são iguais, o que significa que você precisa encontrar as melhores plataformas para atingir sua audiência especificamente. 

De acordo com uma pesquisa do Sprout Social, pessoas com idade entre 18 e 24 anos costumam usar Instagram, TikTok e Snapchat para fazer compras online. Enquanto isso, Reddit e WhatsApp são mais populares entre pessoas com idade de 24 e 40 anos.

Para usuários de 41 a 56 anos, o Pinterest é a principal plataforma para fazer compras online. Já pessoas de 57 a 75 anos preferem usar o Facebook.

social-commerce-idades

A faixa etária costuma ser um bom indicativo, mas seu e-commerce pode ter como alvo pessoas de vários grupos demográficos e interesses, então certifique-se de descobrir onde seu público é mais ativo e como ele usa a plataforma em questão.

2. Crie um checkout perfeito

A conveniência é a chave para conquistar o cliente moderno. Isto significa eliminar etapas desnecessárias no processo de compra.

Com o social commerce não é diferente. É crucial tornar o caminho de compra o mais simples e curto possível, ou seja, compradores devem ser capazes de concluir toda a transação sem sair da plataforma.

Uma postagem comprável apresenta tags de produtos que podem ser clicadas para acessar a página de venda na sua loja de mídia social.

Basta o cliente clicar no botão “Ver no site” e concluir a compra na página do produto correspondente. 

Como alternativa, alguns comerciantes também podem ativar checkouts nas redes sociais que permitem aos consumidores concluir suas compras na própria plataforma. 

Isso simplifica e encurta ainda mais a jornada de compra

Tenha em mente que quanto mais fácil for comprar o produto, maior será sua chance de vendas.

3. Aproveite o UGC (User Generated Content) para prova social

O social commerce inspira decisões de compra principalmente porque as pessoas confiam nas opiniões e experiências de outros clientes

Usuários procuram provas sociais, como avaliações, fotos, vídeos e postagens de terceiros, para decidir se vale a pena comprar o produto. 

Isso serve como uma fonte imparcial para entender se o item atende as expectativas.

Uma pesquisa do Sprout Social descobriu que as recomendações de amigos são o principal motivo pelo qual as pessoas compram coisas nas redes sociais. 

Depois disso, comentários ou análises de produtos foram o segundo fator de maior impacto. 

Resumindo, o conteúdo gerado por usuários serve como a prova social de que você precisa para levar seu social commerce a outro nível.

4. Faça parceria com influenciadores 

Não é novidade o poder de gerar vendas que influenciadores têm na nossa cultura atual.

Em algumas plataformas como o Instagram, influenciadores podem até mesmo marcar produtos em suas postagens, o que permite que seus seguidores comprem instantaneamente o item publicado.

Em outras palavras, os clientes não têm que passar pelo processo de acessar a biografia do influenciador, clicar em um link, visitar um site diferente e tentar encontrar o produto em questão. 

Essa jornada de compra simplificada pode levar a vendas significativas.

Você só precisa encontrar os influenciadores certos para fechar parceria e aprová-los para etiquetagem de produtos. 

Isso lhes dará acesso ao seu catálogo, onde poderão escolher e marcar o produto apresentado em sua postagem.

5. Concentre-se em agregar valor

O objetivo do social commerce é impulsionar as vendas. No entanto, evite criar conteúdo que pareça muito comercial. 

Embora esse tipo de publicação ainda tenha algum impacto, nem sempre é eficaz em estabelecer o valor do seu produto. 

Em vez disso, concentre-se em promover conteúdo prático e informativo para inspirar decisões de compra, como no exemplo abaixo. 

social-commerce-exemplo

Esse tipo de postagem agrega valor ao seu público, pois ajuda-o a entender como o produto funciona e como pode beneficiá-lo.

6. Faça eventos de compras ao vivo

As transmissões ao vivo (lives) se tornaram parte importante do social commerce.

Muitas plataformas de mídia social já oferecem a opção de adicionar tags de produtos durante as transmissões, permitindo que as pessoas adquiram os produtos apresentados na hora. 

Esta é uma ótima maneira de combinar o aspecto interativo das compras presenciais com a conveniência das compras online.

Para aproveitar ao máximo esse recurso, organize eventos regulares de compras ao vivo e anuncie-os com antecedência. 

Durante a transmissão, responda às dúvidas dos clientes em tempo real para remover barreiras à compra e otimizar as vendas.

Aposte no Social Commerce para aumentar suas vendas

estrategias-social-commerce-flash-courier

Com as estratégias corretas de social commerce, você aproveita ao máximo os recursos das mídias sociais para aumentar suas vendas. 

Canais fáceis de usar e que requerem pouco investimento, eles são indispensáveis especialmente para comerciantes iniciantes e PMEs.

Dedique tempo para criar conteúdo de qualidade e interagir com seu público, e as mídias sociais podem se tornar seu principal canal de vendas.

O próximo passo é garantir o sucesso da sua operação logística e a entrega rápida e segura do pedido.

Com foco no transporte de cargas fracionadas (pequeno volume) e entrega expressa, a Flash Courier atende todo território nacional, primando pela agilidade de entrega.

Visite nosso site, conheça nossos serviços, e ofereça a melhor experiência de envio para o seu cliente.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *